Teresa Vitorino

Nome: Teresa Cristina Moura Vitorino
Área Científica: Desenvolvimento Curricular
Categoria: Professora Adjunta
Grau: Mestre Estrangeiro
E-mail: tvitorin@ualg.pt
Gabinete: 53
Extensão: 6216

Nota biográfica
Mestrado em Ciências da Educação (Master of Education): University of Wales, College of Cardiff, Reino Unido (1990)
Licenciatura em Educação Física, Ramo de Educação Especial (Dificuldades de Aprendizagem): Instituto Superior de Educação Física da Universidade Técnica de Lisboa (1981)

Cargos
Coordenadora da área científica de Desenvolvimento Curricular do Departamento de Ciências Sociais e da Educação: 2007-2013
Presidente do Conselho Pedagógico da ESEC: 2007-2009
Diretora dos Cursos de Formação de Professores do Ensino Básico - 1º Ciclo: 2006-2011, de Educação de Infância: 2010-2011 e 1998-1999, e variante de Educação Física: 2010-2011.
Presidente do Conselho Científico da ESEC: 2000-2001

Outras funções
Avaliadora externa das Escolas do Ensino Básico e Secundário: Inspeção-Geral da Educação e da Ciência (desde 2006-2007)
Representante de carácter científico no Conselho Geral do Agrupamento de Escolas de Boliqueime, Loulé (2010-2014) e do Agrupamento de Escolas de Montenegro, Faro (2007-2010)
Membro fundador da ONGD “Cidadãos do Mundo”: REDEinclusão

Formação de professores
Autoavaliação das escolas: do processo de questionamento ao desenvolvimento organizacional: 2011
Oficina de formação em b.learning Aprender e Cooperar na Diversidade - Liderança e Colaboração na Comunidade Educativa: 2010-2011
Educação para a Diversidade e Cooperação. XVI Jornadas Pedagógicas da Educação e Formação 2010: 2010
As Necessidades Educativas Especiais na Sala de Aula. Uma abordagem introdutória às Escolas Inclusivas: 1998, 2000, 2002
Desenvolvimento e Aplicação de Estratégias de Diferenciação Pedagógica no 1º ciclo do Ensino Básico: 1998
Seminário de Formação de Formadores Necessidades Especiais na Sala de Aula. Programa da UNESCO de Apoio aos Países Lusófonos Africanos na Área da Educação de Crianças com Necessidades Educativas Especiais: 1997
Escolas Inclusivas: Aplicação do Conjunto de Materiais para a Formação de Professores da UNESCO, ‘As Necessidades Especiais na Sala de Aula’: 1997

Áreas de lecionação
Desde 1988-1989: lecionação, orientação e/ou supervisão pedagógica de disciplinas/unidades curriculares de cursos de formação inicial, especializada e pós-graduada, na Escola Superior de Educação e Comunicação e na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade do Algarve.
Áreas de lecionação: Desenvolvimento Curricular, Prática pedagógica, Educação Intercultural, Necessidades Educativas Especiais, Investigação Educacional, Autoavaliação das Escolas.

Áreas de atividade científica e domínio de especialização
Desenvolvimento dos professores; Desenvolvimento organizacional das escolas; Diversidade e diferenciação educacional; Educação inclusiva; Educação intercultural; Investigação educacional; Sucesso educativo; Avaliação das escolas.
Projetos de investigação ação e de aprendizagem colaborativa, centrados na experimentação e reflexão sobre as práticas, com vista ao seu aperfeiçoamento, apoiados em processos de avaliação formativa, em que todos os intervenientes são atores e autores da pesquisa.

Participação em projetos Internacionais
Responding to diversity by engaging with students’ voices: a strategy for teacher development: 2011-2014.
COMPRACTICE – Communities of Practice for Improving the Quality of Schools for All): 2003-2006.

Projetos Nacionais
Aprender e Cooperar na Diversidade: 2009-2011.
Sucesso escolar e perfis organizacionais: Um olhar a partir dos relatórios de avaliação externa: FSE/CED/83498/2008: 2008-2010.
Estudo de caso: A ESCOLA VERDE. Uma abordagem de pesquisa-acção: 2006-2008.
Promoção de Educação Inclusiva: projeto de investigação-ação: 1999-2002.
Formas de Articulação entre os Ciclos Educativos nos Territórios Educativos de Intervenção Prioritária. Um Estudo de Caso Múltiplo: 1997.
A Reforma do Sistema Educativo e o PRODEP – Contributos para a sua Avaliação: (Trans)formar é possível. Retrato de uma Escola em Mudança. Estudo de Caso: 1997.
Projecto Escolas Inclusivas: Aplicação do Conjunto de Materiais para a Formação de Professores – As Necessidades Especiais na Sala de Aula: 1996-1998.

Publicações
Livros
Veloso, L. (coord.), Craveiro, D., Quintas, H., Rufino, I., Gonçalves, J. A., Abrantes, P., Martins. S., Caixeirinho, T. e Vitorino, T. (no prelo). O sucesso escolar e o sucesso da escola: Avaliação externa e estruturas organizacionais. CIES-IUL.
Ainscow, M. (coord.), Caldeira, E., Paes, I., Micaelo, M. e Vitorino, T. (2011). Aprender com a Diversidade – Um Guia para o Desenvolvimento da Escola (2ª ed., revista e atualizada). ACIDI.
Vitorino, T. et al. (2011). Aprender em colaboração na escola: a Escola Verde. In: Ferreira, M. e Valadares J. (Eds.) Projecto Compractice. Comunidades de Prática para Melhorar a Qualidade da Escola para Todos, pp. 77-100: UA.
Vitorino, T. (2011). Learning in collaboration in school. The Green School. In: Ferreira, M. M. e Valadares J. (Eds.) Project Compractice. Communities of Practice for Improving the Quality of Schools for All, pp. 77-100: UA.
Paes, I. e Vitorino, T. (coord.) (2011). Comunidades educativas comprometidas com a diversidade: Propostas e reflexões a partir de práticas de formação-ação. ACIDI.
Quintas, H. e Vitorino, T. (2010). Avaliação externa e auto-avaliação. In: Veloso, L. (coord.) et al. (2010). Escolas. Um olhar a partir dos relatórios de avaliação externa, cap. 1, pp. 15-38. CIES-IUL.
Veloso, L. e Vitorino, T. (2010). Aprendizagem e resultados escolares. In: Veloso, L. (coord.) et al.: Escolas. Um olhar a partir dos relatórios de avaliação externa, cap. 4, pp. 85-112. CIES-IUL.
Caldeira, E., Paes, I., Micaelo, M. e Vitorino, T. (2004). Aprender com a Diversidade – Um Guia para o Desenvolvimento da Escola: ACIME/DEB.
Vitorino, T. (2000). Working with schools: the Portuguese Inclusive Schools Project. In: UNESCO (2001) Open File on Inclusive Education. Support Materials for Managers and Administrators. Paris: UNESCO.
Silva, M. C., Gonçalves, J. A., Vitorino, T. e Santos, M. (1997). (Trans) formar é possível. Retrato de uma Escola em Mudança: estudo de Caso: DAPP/ME.

Artigos em periódicos
Vitorino, T. et al. (2002). As vozes dos alunos. Os alunos como colaboradores no processo de melhoria da escola. In Inovação, 15, 1-2-3, 261-283.
Vitorino, T. (1994). Dificuldades do Comportamento Motor da Criança: contributo para a sua caracterização. In Revista de Educação Especial e Reabilitação, 1, II, 79-92.

Outras publicações
Vitorino, T. et al. (2006) [DVD]. Os Alunos fazem a diferença. Melhorar a colaboração na escola – os alunos como parceiros.
Vitorino, T. et al. (2006) [DVD] Students make a difference. Improving collaboration in school – students as partners.
Vitorino, T. et al. (2004). [DVD] NÓS … NA ESCOLA.
Vitorino, T. (1982). O Conhecimento e Domínio Corporal da Criança dos quatro aos seis anos. In Análise do Comportamento Motor. Estudos de Motricidade Infantil, 9-48. ISEF/CDI.
Barreiros, J., Duarte, J., Dias, L., Barcelos, D. e Vitorino, T. (1979). Estudo Comparativo da Relação Observada entre a Motricidade e as Aprendizagens Escolares. In A Criança e o Espaço – Seminário de Motricidade Infantil.

Comunicações
2012. An inquiry-based approach to teacher development. ECER 2012.
2012. Responding to Diversity by Engaging with Students’ Voices: The Development of a Strategy for Teacher Development. ECER 2012.
2011. Projecto “Rede Inclusão”: Um recurso para uma comunidade de aprendizagem em Língua Portuguesa. II Seminário Internacional Ensino Superior na Comunidade de Países de Língua Oficial Portuguesa – CPLP: Qualidade do Ensino Superior: Isomorfismo, Diversidade e Equidade.
2010. Avaliação externa e auto-avaliação. 2.º Seminário internacional EDUORG.
2010. Aprendizagens e resultados escolares. 2.º Seminário internacional EDUORG.
2010. Improving Equity in Education: European Views on School-based interventions – One Year On. ECER 2010.
2010. Learning from difference – listening to students voices. ECER 2010.
2010. Processos de avaliação. Avaliação externa e avaliação interna: duas faces da mesma moeda. 1.º Seminário internacional EDUORG.
2010. Relatórios de avaliação externa: resultados preliminares. Aprendizagem e resultados. 1.º Seminário internacional EDUORG.
2000. Necessidades Educativas Especiais. Encontro Internacional Educação para os Direitos Humanos.
2000. Promoção da educação inclusiva e desenvolvimento das escolas: 5º Congresso da SPCE.
2000. Promoting Inclusive Education in Portugal. ISEC 2000.
1999. O Projecto Escolas Inclusivas Conferência Les Necessitats Educatives Especials a l’aula.
1997. Como brincam as crianças em meio rural – Serra do Caldeirão. 20º Congresso Mundial do Jogo ‘Jogo e Sociedade’.
1997. O Projecto Escolas Inclusivas: estratégias de diferenciação pedagógica. II Encontro Luso Hispano de Educação.
1990. Dificuldades no comportamento motor e suas implicações nas crianças com necessidades especiais de educação: 4ªs Jornadas de Saúde Mental do Algarve.
1979. Estudo Comparativo da Relação Observada entre a Motricidade e as Aprendizagens Escolares. Seminário de Motricidade Infantil ‘A Criança e o Espaço’.

Ligações úteis
http://redeinclusao.web.ua.pt/

 

Línguas/Languages  
Língua Leitura Escrita Conversação
English C1 - Utilizadora Proficiente C1 - Utilizadora Proficiente C1 - Utilizadora Proficiente
Deutsch A1 - Utilizadora Elementar A1 - Utilizadora Elementar A1 - Utilizadora Elementar
Français C1 - Utilizadora Proficiente B1 - Utilizadora Independente B1 - Utilizadora Independente
Español B2 - Utilizadora Independente A1 - Utilizadora Elementar B1 - Utilizadora Independente


 


 

 

Share Partilhar