Projetos Realizados

Núcleo de Estudos de Inglês no 1º Ciclo
Sítio Web: NEELE

Projeto ECNTLT - European Curricula in New Technologies and Language Teaching
Sítio Web: ECNTLT

O projeto ECNTLT - European Curricula in New Technologies and Language Teaching é um projeto Comenius, financiado pela Comissão Europeia e tem como principal objetivo desenvolver módulos de formação de professores sobre a utilização das novas tecnologias para o ensino de línguas, quer materna, quer estrangeiras. Este projeto é coordenado pela Universidade de Amesterdão e nele participam Universidades de doze países: Holanda, Bélgica, Alemanha, Reino Unido, Itália, Espanha, Portugal, Chipre, Grécia, Lituânia, Bulgária e Hungria. A Escola Superior de Educação e Comunicação da Universidade do Algarve é o parceiro Português.

Promoting Lifelong Learning in Higher Education by implementing innovative practices in Recognition of Prior Learning - EDUPRO
Project 2014-1-PL01-KA203-003629 – financiado pelo programa Erasmus +
Data Início: 01-09-2014
As instituições do ensino superior, na Polónia, estão profundamente interessadas em implementar as suas próprias soluções para integrar o reconhecimento dos adquiridos experienciais no sistema de ensino superior. Este consórcio integra as universidades de Warwick, Gdansk e Algarve e é coordenado pela Universidade da Baixa Silésia (Dolnośląska Szkoła Wyżśza). O consórcio está a realizar um conjunto de atividades que lhe permita testar soluções para aplicar o reconhecimento da experiência e das competências profissionais no sistema de ensino superior polaco.

Estudantes Não-tradicionais no Ensino Superior: Investigar para guiar a mudança institucional"
PTDC/IVC-PEC/4886/2012 – financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia
Data início: 1 de maio de 2013
Este projeto pretende estudar a situação de quatro grupos de estudantes não-tradicionais com a finalidade de propor recomendações para melhorar a sua vida académica. A instituição proponente é a Universidade do Algarve e a instituição parceira a Universidade de Aveiro. Queremos, assim: 1) estudar a situação dos estudantes com necessidades educativas especiais; 2) compreender a situação dos estudantes de Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa; 3) investigar a situação dos estudantes de Cursos de Especialização Tecnológica; e 4) estudar as transições dos estudantes maiores de 23 anos para o mercado de trabalho.