III Congresso Internacional Direitos Humanos e Escola Inclusiva

III Congresso Internacional Direitos Humanos e Escola Inclusiva

Escola Superior de Educação e Comunicação
Universidade do Algarve ​​​​​​​Campus de Penha, Faro​​​​​​​

O reconhecimento do direito à educação das crianças e jovens com deficiência reconhecido na Declaração Mundial sobre a Educação para Todos (UNESCO, 1990), na Declaração de Salamanca (1994) e na Convenção Internacional sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência (2006) expressa um consenso internacional na rejeição de modelos educativos centrados nos défices e em espaços e práticas segregadoras.  Para responder eficazmente às necessidades de TODOS(AS) os(as) estudantes o modelo educativo deve estar centrado na inclusão, nas aprendizagens e deve incorporar os conceitos e princípios do Desenho Universal para a Aprendizagem (DUA).

Portugal, no respeito pelas orientações internacionais e convénios de que é signatário, tem vindo a desenvolver políticas de educação que concretizem os princípios da inclusão e da equidade educativa para todos as crianças/jovens e que promovam atitudes positivas e de respeito para com a diversidade do Ser Humano.  Este tem sido um processo de aprofundamento e consolidação nas instituições educativas portuguesas, em particular para os estudantes com deficiência, de que o recente Decreto-Lei n.º 54/2018 é exemplo e que incorpora a inclusão, a equidade e o DUA.

A mudança não se faz apenas de políticas educativas, mas, fundamentalmente, da (re)construção da cultura, da organização escolar e das práticas educativas produzidas pela vivência quotidiana de todos os que trabalham nas instituições educativas da educação pré-escolar, do ensino básico, do ensino secundário e ensino superior.  O III Congresso Internacional Direitos Humanos e Escola Inclusiva pretende ser um espaço interdisciplinar em que intervenientes da comunidade educativa (educadores, professores, diretores e outros elementos do sistema educacional) e investigadores possam partilhar e refletir sobre as suas práticas em reposta às políticas educativas recentes para alcançar a equidade educativa para TODOS(AS) os(as) estudantes.

Mais informação e programa em: http://bit.ly/31xyygM

Share Partilhar